terça-feira, maio 22, 2012

Administração

Administração
Administração pode ser definida como o trabalho realizado com recursos humanos, financeiros e materiais, para atingir objetivos organizacionais por meio das funções de planejar, organizar, liderar, controlar e desempenhar de certa forma a manipulação dos recursos humanos (pessoas), recursos financeiros (dinheiro) e recursos materiais (equipamentos).

"A administração já vem sendo desenvolvida desde muitos séculos atrás, de forma consciente ou inconsciente."
Os Filósofos:
Sócrates (470 a.C 399 a.C), Administração como habilidade pessoal, separada das habilidades técnicas e da experiência.
Platão (429 a.C – 347 a.C), discípulo de Sócrates, fez análise dos problemas políticos e sociais decorrentes do desenvolvimento social e cultural, do povo grego, expôs a forma Democrática de governo e de administração dos negócios públicos.
Aristóteles (384 a.C – 322 a.C), discípulo de Platão, deu impulso inicial à filosofia, dando abertura ao conhecimento humano, e com sua obra “Política”, distingue as três formas de administração pública: Monarquia, Aristocracia e Democracia.
Francis Bacon (1561 – 1626), fundador da Lógica Moderna, mostra a preocupação prática de se separar experimentalmente do que é essencial do que é acidental.
René Descartes (1596 – 1650), fundador da Filosofia Moderna, criou as coodernadas cartesianas e deu impulso á matemática é a geometria da época, com o livro “ O discurso do Método”, descreveu seu método filosófico, o método cartesiano que deu origem aos princípios da Evidência, Análise da Decomposição,  Composição e da Verificação.
Tomas Hobbes (1588 – 1679), defende o governo absoluto em função da sua visão pessimista da humanidade. O estado representa um pacto social que ao crescer alcança as dimensões de um dinossauro, ameaçando a liberdade de todos.
Jean-Jaques Rosseu (1712 – 1778) desenvolve a teoria do Contrato Social, que é um acordo entre os membros de uma sociedade pelo qual reconhecem a autoridade igual sobre todos de um regime político, governante ou de um conjunto de regras.
Karl Marx (1818 – 1883) e Friendrich Engels (1820 – 1895), o Marxismo foi à primeira ideologia a afirmar o estudo das leis dos objetivos do desenvolvimento econômico da sociedade, em oposição a ideais metafísicos.
Igreja Católica:
Com os séculos as organizações administrativas foram se transferindo dos estados para as instituições da Igreja Católica e Militar.
Isso porque os princípios dessas organizações nem sempre eram encontradas na ação política desenvolvidas no Estado.
A Igreja Católica teve um representante o qual este seria a autoridade superior  para assim incorporar os princípios e normas da igreja, o Papa.
Organização Militar:
Teve o princípio da unidade de comando ( cada subordinado só pode ter um superior),  escalões hierárquicos de comando com graus de autoridade e responsabilidade, aspecto típico da organização militar utilizado em outras organizações.
Revolução Industrial:
Foi o contexto Industrial, tecnológico, social, político e econômico que permitiu o surgimento da teoria administrativa, os dirigentes trataram de cuidar como podiam ou como sabiam das demandas de uma economia em rápida expansão.

Área de atuação
Na Empresa: Analista, Auditor Interno, Gerente e Analista, Assessor e Consultor, Administração Geral→ Marketing, Logística e Materiais, Produção, Finanças e Pessoas.
Autônomo: Consultor, Perito Judicial e Extrajudicial, Responsável Técnico e Auditor.
Ensino: Professor, Pesquisador, Escritor e Consultor.
Órgão Público: Administrador Público→ União, Estados e Municípios. Gestor→ Poder Judiciário, Poder Legislativo e Poder Executivo.


Profissional Administrativo
A competência pessoal é um dos fatores de importância para um administrador, e com isso são indispensáveis algumas habilidades.
ü      Habilidades Técnica: Com foco operacional.
ü      Habilidades Humanas: Interagir e saber lidar com pessoas.
ü      Habilidade Conceitual: Buscar os objetivos e necessidades como um todo da organização.

Bibliografia
Chiavenato, Idalberto Introdução á teoria geral da administração, 6º Ed. –.
Rio de Janeiro: Campus 2000
Administradores.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário